logopeq

Windows 10 pode deixar seu Wi-Fi com brechas de segurança; saiba desativar

Mal foi lançado e o Windows 10 já apresenta algumas brechas de segurança. Uma das que mais causa polêmica até agora é do Sensor de Wi-Fi (ou Wi-Fi Sense, em inglês). A função, que tem como objetivo facilitar a conexão de conhecidos a redes Wi-Fi, pode virar um verdadeiro tormento, com inúmeras pessoas tendo acesso livremente ao Wi-Fi da sua casa.

Primeiramente é necessário entender como funciona o Sensor de Wi-fi. Nas palavras da própria Microsoft, a função conecta "automaticamente você a redes Wi-Fi que seus contatos do Facebook, do Outlook.com ou do Skype tenham se conectado usando o Windows 10". O compartilhamento de senhas e redes só acontece depois que você tiver também compartilhado pelo menos uma rede.

É assim: você vai visitar um amigo na casa dele e, em vez de toda aquela burocracia de pedir a senha, ele procurar o papelzinho onde anotou ou qualquer coisa do tipo, seu computador com Windows 10 automaticamente reconhece a senha, pois ela fica em um banco de dados criado a partir da rede amigos que você faz parte. Ou você vai a um bar que tem Wi-Fi protegido e o garçom nunca para para falar qual é a senha -- mas você se conecta porque o Windows sabe a senha.  Legal, né?

Mais ou menos. Por mais que seu amigo não fique exatamente com a senha --o computador a reconhece, mas não a divulga--, sua combinação secreta vai parar em algum banco de dados da Microsoft. E, você sabe como são essas coisas. Por mais encriptado que esteja, há sempre a possibilidade de um hacker acessar e divulgar mundo afora sua senha.

Além disso, se algum dia você passou sua senha para um amigo e ele conectou o computador dele na sua casa, sua combinação secreta do Wi-Fi será compartilhada com os amigos desse seu amigo. E mais. Vai que você tem seu vizinho no Facebook ou no Skype por consideração, mas não vai lá muito com a cara dele. Pronto, você deu a ele acesso à sua internet. E olha que ainda existem vários outros riscos, como alguém se aproveitar disso para roubar seus dados.

Isso porque o Sensor de Wi-Fi também possibilita conexão automática às redes abertas que seus contatos já usaram, sem a necessidade de validação dos termos de utilização.

Uma das empresas que alertam para os riscos do Sensor do Wi-Fi é a AVG Technologies. Em nota, um especialista alerta que a função pode ser bastante conveniente, mas que apresenta perigos para a segurança e privacidade do usuário.

"Ao acionar esta funcionalidade o aparelho se conecta automaticamente às redes Wi-Fi disponíveis. O problema é que nem todas as redes abertas estão seguras, podendo conectar outras pessoas deliberadamente mal-intencionadas. Acessando a internet nesses locais o usuário pode ter seu tráfego interceptado por um cibercriminoso", explica Mariano Sumrell, diretor de Marketing da AVG Brasil.

Em nota, a Microsoft informou que o sensor oferece escolhas e benefícios aos usuários: "Ele não revela senhas, não permite que amigos compartilhem Wi-Fi com outros amigos nem coloca informações pessoais do usuário em risco".  

Na dúvida, saiba que desabilitar o Sensor de Wi-Fi é moleza. Basta ir em Iniciar  > Configurações > Rede e Internet > Wi-Fi > Gerenciar configurações Wi-Fi. Lá, você pode desligar as duas conexões da nova função do Windows.

Fonte: tecnologia.uol

Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net